"O justo é como árvore plantada à beira de águas correntes, perto da Fonte. Porque está plantado assim, ele dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que faz prospera. Ele é teimosamente abençoado por Deus. A olhos vistos".

Divulgo, aqui no blog, algumas reflexões. Não são textos acabados e sempre estou aberto ao diálogo!

sábado, 26 de março de 2011

Tradicional Via Sacra no Coliseu terá meditação escrita por monja agostiniana de Roma

crucis03.jpgCidade do Vaticano (Sexta-feira, 25-03-2011, Gaudium Press) Madre Rita Piccione, freira diretora da Federação das Monjas Agostinianas é a terceira religiosa chamada para escrever o texto integral das meditações para as Estações da Via Sacra no Coliseu de Roma, tradicionalmente conduzidas pelo Papa na Sexta-feira Santa.
A primeira mulher na história a escrever as meditações foi Madre Anna Maria Canopi, abadessa do "Mater Ecclesiae" de Novara em 1993 e a segunda foi uma suíça protestante, Irmã Minke de Vries em 1995.
As meditações da próxima Via Sacra, na noite da Sexta-feira Santa no dia 22 de abril, manterão o clássico esquema das 14 estações "tradicionais".
Madre Maria Rita Piccione é residente do Mosteiro dos Santos Quatro Coroados em Roma. O livreto com as meditações será ilustrado com as imagens de uma outra monja agostiniana, Irmã Elena Manganelli, do Mosteiro de Lecceto, perto de Siena, na Itália.
A celebração da Via Sacra no Coliseu foi iniciada por Papa Paulo VI em 1964 e continuada por João Paulo II e agora por Bento XVI. Bento XVI confia pela primeira vez as meditações a uma mulher. Até o presente momento de seu pontificado foram sempre arcebispos e um cardeal a escrevê-las.

(Gaudium Press)

2 comentários:

karyne lima disse...

como faço para comprar ingresso, aqui no Brasil, para a via sacra no Coliseu?

Robert, ccj disse...

Olá,
Esse site abaixo é da radio Vaticano. Ela transmitirá ao vivo a via Sacra. Acredito que através dela (por mail ou fone) vc poderá ter melhores informações.
http://www.radiovaticana.org/portuguese/oecumene/ao_vivo.html