"O justo é como árvore plantada à beira de águas correntes, perto da Fonte. Porque está plantado assim, ele dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que faz prospera. Ele é teimosamente abençoado por Deus. A olhos vistos".

Divulgo, aqui no blog, algumas reflexões. Não são textos acabados e sempre estou aberto ao diálogo!

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Comunhão

"Compreendo a origem da fraternidade dos homens; eles eram irmãos em Deus. Só se pode ser irmão em algo ou alguém. Se não houver um nós que os ate, os homens estão justapostos, não unidos. Não se pode ser irmãos em pequena escala". (A. Saint-Exupéry, Piloto de guerra, São Paulo, 1975).

Um comentário:

Francine disse...

oi robert, que linda essa mensagem!!!!!abraço